E agora Jardel…

rodrigao

Vice-prefeito Rodrigão que foi despedido da secretaria de infraestrutura na última quinta-feira, irá falar a imprensa no dia de amanhã. Ele concederá entrevista a todas as emissoras de rádio da cidade, das 09 as 13 horas estará ocupando as ondas do rádio para contar a sua versão sobre o rompimento com o prefeito Jardel Sebba.

Gente boa do Blog, conversei ainda a pouco com um sindicalista ligado a Rodrigão, segundo ele o prefeito Jardel Sebba é o maior “traíra” de Catalão, apenas usou os sindicalistas e trabalhadores das empresas ligadas ao sindicato SIMECAT e outros, de acordo com o sindicalista a cobra vai fumar amanha.

Será que Rodrigão irá dar nomes aos bois? Sera?

Share Button

SENADO PODE APROVAR PEC DO VOTO ABERTO

senado

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 43/2013, que acaba com o voto secreto de parlamentares, pode entrar na pauta de votações do Senado nesta semana. A chamada PEC do Voto Aberto passou, na última quinta-feira (26), pela terceira das cinco sessões de discussão necessárias para a votação em primeiro turno na Casa.

O texto aprovado pela Câmara dos Deputados prevê o fim do voto secreto em todas as votações, de modo que os parlamentares tenham que votar abertamente nas escolhas de presidente da Mesa Diretora, nas indicações presidenciais para cargos no Executivo e no Judiciário, nas apreciações de vetos presidenciais e nos processos de cassação de mandato.

Favorável à proposta, o relator da matéria no Senado, Sérgio Souza (PMDB-PR), reconhece que não há consenso na Casa sobre todos os pontos da PEC. Ele alega que a maioria dos senadores concorda apenas com o fim do voto secreto no que se refere à cassação de mandato. Há receio, de acordo com o relator, de que o voto aberto nas outras situações se traduza em constrangimento para os parlamentares, prejudicando a independência em relação a autoridades do Executivo e do Judiciário.

“Nas indicações de autoridade, o voto secreto se imporia como medida destinada a proteger o senador da República de futuras e hipotéticas retaliações a serem praticadas pela mesma pessoa, quando empossada no cargo para o qual foi indicada. Seria destinado também, nessa circunstância, a não fragilizar o indicado no exercício de suas funções, na hipótese da aprovação de seu nome por apertada maioria”, explica Souza em seu relatório já aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

O relator propõe que a PEC 43 seja aprovada apenas tratando do fim do voto secreto para cassação de mandato. Com isso, o voto aberto em outras deliberações passa a tramitar em outra proposta, que será discutida com mais tempo.

Exemplo dos que discordam da abertura total dos votos de parlamentares, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) reclamou que a matéria esteja prestes a ser colocada em votação sem amadurecimento suficiente. “Nós estamos nos encaminhando, nós, o Congresso brasileiro, para uma espécie nova de suicídio, que é o suicídio institucional. O Congresso brasileiro está se encaminhando para se autoimolar, para perder voluntariamente prerrogativas que garantem a sua independência e que garantem a sua posição dentro de um jogo intrincado de equilíbrio entre Poderes, o Poder Legislativo e o Poder Executivo, quando se prepara para votar, sem a menor reflexão de natureza institucional, apenas julgando interpretar a voz das ruas”, argumentou o líder do PSDB na Casa.

Em posição oposta, o senador Walter Pinheiro (PT-BA) avalia que há demora para votar a PEC do Voto Aberto. Pinheiro lembrou que muitos parlamentares utilizam a prerrogativa do voto secreto para esconder interesses e posições pessoais. “A única forma que o eleitor tem de acompanhar os nossos mandatos verdadeiramente é ver como é que nós materializamos nossas propostas por meio do voto”, destacou o senador petista.

Se tudo correr conforme o previsto pelos líderes partidários, a quarta sessão de discussão da PEC ocorrerá na terça-feira (1º) e a última sessão de debates e a votação da proposta serão na quarta-feira (2).

Brasil 247

Share Button

PF JÁ INVESTIGA PROPINAS DE R$ 52 MI NO METRÔ PAULISTA

pf

A Polícia Federal está cada vez mais perto de desvendar o esquema de desvio de recursos do metrô paulista, usado para abastecer o caixa de campanhas políticas do PSDB em São Paulo.

Reportagem dos jornalistas Flávio Ferreira, Mario Cesar Carvalho e José Ernesto Credendio (leia aqui) aponta propinas de R$ 52 milhões, que teriam sido pagas a consultorias pelas empresas envolvidas no cartel dos trens.

De acordo com a Polícia Federal, Alstom, Siemens, Bombardier e Tejofran teriam repassado esses valores para empresas ligadas aos irmãos Fagali, arrecadadores de campanha do PSDB, a Robson Marinho, ex-secretário da Casa Civil de Mário Covas, e Romeu Pinto Jr., outro empresário ligado aos tucanos.

Um dos alvos principais da investigação é a consultoria MCA, de Pinto Jr., que recebeu R$ 45,7 milhões da Alstom, em recursos depositados no Brasil e na Suíça. Depois disso, o dinheiro ou foi sacado em espécie ou movimentado por doleiros, sem que se possa determinar o destino. Outras consultorias investigadas são a ENV e a Acqua-Lux.

Outra empresa citada no cartel, a Tejofran, que despontou durante o governo Mario Covas, pagou R$ 1,5 milhão à consultoria BJG, que era controlada pelo ex-secretário estadual de transportes, José Fagali Neto. Próximo a José Serra, ele é investigado desde 2008, quando foram descobertos pagamentos de US$ 6,5 milhões na Suíça – os recursos estão bloqueados por determinação judicial.

O advogado Belisário dos Santos Jr., que defende Fagali Neto, argumenta que ele poderá comprovar que prestou serviços de consultoria.

Brasil 247

Share Button

Hoje na História…

hoje

1938
Líderes das principais potências europeias assinam o chamado pacto de Munique, entregando a Hitler uma parte da Tchecoslováquia.
1953
A secretaria de Aeronáutica dos EUA revela planos para a construção em larga escala de bombardeiros B-52 e caças supersônicos F-100.
1957
A empresa americana AT&T anuncia que em 1959 estaria concluída a instalação de mais dois cabos telefônicos entre a França e a Terra Nova.
1976
A Califórnia torna-se o primeiro estado americano a permitir que doentes cuja vida dependa de aparelhos autorizem sua retirada.
1993
Terremoto na Índia mata dez mil pessoas. As cidades mais atingidas foram Umbarga e Khilari, no estado de Maharashtra.
1999
Dezenove pessoassão vitimadas por um escapamento de radiação da usina reprocessadora de urânio da cidade de Tokaimura, a 140km de Tóquio.
2001
O embaixador do Afeganistão no Paquistão, Abdul Salam Zaif, admite que Osama bin Laden estava em seu país, sob a proteção do Talibã.
2009
ASTROFÍSICO BRITÂNICO STEPHEN HAWKING SE APOSENTA DA UNIVERSIDADE DE CAMBRIDGE, AOS 67 ANOS.
Share Button

Alô Velomar Rios…

velomar

Ex-prefeito Velomar Rios pode preparar a cachola, vem chumbo grosso por aí. É que durante a entrevista coletiva do prefeito Jardel Sebba onde ele anunciou a demissão do secretário de infraestrutura Rodrigão, foi distribuída pela assessoria de comunicação, dossiê de suposto envolvimento do ex-prefeito com a loira bonitona do esquema de fraude de fundos de previdência enquadrados na operação Miqueias da Polícia Federal.

Será que o prefeito Velomar Rios também foi seduzido pela loira?

De acordo com o procurador jurídico do município Jordano Poraguassú, prefeito Jardel Sebba e vereadores e secretários presente a coletiva à imprensa, não restam dúvidas, Velomar também foi seduzido. Será?

lucianee

Share Button

Jardel concede entrevista coletiva a imprensa e exonera o vice-prefeito…

rompe

 

Share Button

Dez meses de governo, dez problemas que tiram o sono do prefeito Jardel Sebba…

jardel

  1. Secretariado do prefeito Jardel Sebba – grande parte importada, desinteressada com a cidade, na maioria dos casos nem conhecem Catalão e seus problemas, até agora só trouxeram problemas, nenhum mostrou a que veio até o momento;
  2. Transporte público – grande responsável pelo crescimento eleitoral de Jardel, nenhuma promessa até o momento foi cumprida, a população cobra tarifas mais baratas e tratamento digno e até o momento nada;
  3. Parcerias com o governo do estado – até o momento tudo só ficou nas propagandas, nas enganações. Nada de concreto saiu em benefício para a população e até os 100 km de asfalto a comunidade já percebe que é um engodo trasvestido de parceria;
  4. Falta de investimentos em infraestrutura e obras – nenhuma obra até o momento foi realizada de grande, médio ou pequeno porte, com exceção do estacionamento das proximidades do hospital Nasr Faiad, da rampa de entrada ao Palácio Pirapitinga e da placa com o símbolo da administração no prédio da prefeitura, nenhuma outra obra em destaque;
  5. Secretarias made-in Catalão – As poucas secretarias ocupadas por secretários de Catalão também patinam, seguem os mesmos padrões das demais, sem produção e utilizam dos mesmos mecanismos, propaganda, propaganda e propaganda;
  6. Problema com a SAE – vários contratos duvidosos com “companheiros” familiares do secretário e nada até o momento de preços mais baixos no fornecimento de água e investimento em infraestrutura;
  7. Mudança do líder do prefeito na Câmara Municipal de Vereadores – liderança saiu de João Antônio e foi para Aurélio Macedo, mas quem lidera e conversa de verdade com os vereadores é o superintendente da SAE, César Ferreira, conhecido por seus métodos ortodoxos em conseguir apoios para a atual administração;
  8. Lixo – seguidas greves dos funcionários da empresa de coleta de lixo na cidade, veio sabe-se Deus porque, presta péssimo serviço e ainda vive ameaçando a administração;
  9. CRAC – patinando em todas as competições que participa, greve de jogadores, demissão de técnicos e membros da comissão técnica e a iminência de rebaixamento, até o momento só decepção para os torcedores;
  10. Rompimento político com o vice-prefeito Rodrigão – o mesmo foi demitido da secretaria de infraestrutura e poderá abrir o bico. Rodrigão costuma dizer que “companheiro é companheiro” deverá nas próximas horas esclarecer porque o prefeito Jardel Sebba deixou de sê-lo, imagine se “companheiro é companheiro, f.d.p. é f.d.p.”
Share Button

Frase do Dia…

Citação

“È um amigo, é um companheiro, pesarosamente fui obrigado a romper com meu secretário”.

Prefeito Jardel Sebba em entrevista coletiva sobre seu rompimento com o vice-prefeito Rodrigão

Share Button

Blog do Mamede sempre na frente…

Mamede

Gente boa do Blog, mais uma vez o Blog do Mamede acerta em cheio nas informações e nas análises. Fomos o único blog da cidade a noticiar que o prefeito Jardel Sebba e o vice Rodrigão estavam rompendo politicamente, é por isso que a credibilidade do Blog a cada dia aumenta mais, jornalismo feito com seriedade.

Share Button