A pedido de Marconi!

Gente boa do Blog, o vídeo lançado pelo prefeito Jardel Sebba endereçado a população de Catalão ( assista aqui) 

onde ele afirma ser sim pré-candidato a prefeito e mostra alguns fatos que deverão nortear sua intenção foi a pedido do governador Marconi Perillo (PSDB).

Foto-Jardel-e-Marconi

(Foto: Vinoblok)

O fato mostra mais uma vez (eu já escrevi isso aqui) que a candidatura do prefeito Sebba será uma das prioritárias dos tucanos em Goiás e o governador está de olho lance a lance nessa disputa.

Também escrevi que quando “setembro” chegar é que de fato teremos uma visão do que poderá acontecer, até lá com inaugurações de obras, melhoria no asfalto, investimentos na área da saúde, do meio ambiente, sinalizações de trânsito, melhoria nos canteiros centrais entre outras ações, tudo servirá para potencializar novamente o candidato do governador.

E aquela fala de que não deixaram o “homem” governar, chegaram a tirá-lo do poder por 24 horas, moveram uma enxurrada de processos, denúncias, com uma oposição raivosa que chega até a aplaudir quando vereador corrupto leva vela para a Câmara para combater corrupção, tudo isso nas mãos de um ótimo marqueteiro, pode dar rock.

 

Share Button

E o governo golpista do Temer?

Gente boa do Blog, um recorde o presidente golpista interino Michel Temer (PMDB) já bateu, em troca de ministros ele é campeão, em apenas 18 dias de governo fruto de um golpe parlamentar ele é o disparado o melhor, em perder ministros ele se destaca e muito.

download

(Foto: O Globo)

Vale lembrar que nenhum foi demitido eles simplesmente se demitiram.

Mas por quê?

Ou seja, Romero Jucá se licenciou do cargo, o outro da Transparência, que nem deu tempo para lembrar do nome dele pediu demissão, o que será que está rondando o Palácio do Jabuti e  do Alvorada para assustar tantos ministros assim?

E viva o golpe!

 

Share Button

Cantando a pedra II

Gente boa do Blog, como já havia também cantado a pedra sobre a terceira via em Catalão, que em minha opinião e com todo respeito aos postulantes já rodou e está bem para lá do rio Veríssimo, ou seja,  não existe mais.

Giovani Cortopassi, que era pré-candidato a prefeito pelo Partido Verde (PV) é agora mais um soldado do deputado Adib Elias, ele deixou claro que por não conseguir as condições objetivas para a campanha, resolveu apoiar o ex-prefeito.

O mesmo está prestes a ocorrer com o pré-candidato da Rede, Marcelo Mendonça, que já admite em off que sem verbas, sem apoios financeiros consideráveis, sem partidos, sem candidatos a vereador é praticamente impossível falar em concorrer com Jardel Sebba e  Adib Elias, Mendonça já até agenda conversa com Adib Elias para ouvir algumas “ideias”.

marcelo_mendonça

A pergunta é, será que Marcelo Mendonça poderá deixar de ser pré-candidato pela Rede e se juntar a Adib também?

Sinceramente acredito que não, até porque até poucos dias atrás ele respondia pela Secretaria do Meio Ambiente da administração do prefeito Jardel Sebba, e será difícil explicar a mudança nesse momento, apesar que conversar se conversa com todo mundo.

Share Button

E o Impeachment de Marconi Perillo?

Gente boa do Blog, como havia cantado a pedra dias atrás sobre o pedido de impeachment do governador Marconi Perillo (PSDB) feito pelo deputado major Araújo (PRP) , o mesmo foi arquivado pelo presidente da Assembleia Legislativa deputado Hélio de Souza (PSDB).

Cel: (62)81808888

(Foto: ALEGO)

O mesmo nem chegou a ser debatido no plenário, em seu nascimento já  morreu no ninho, tudo porque o regimento do legislativo prevê que cabe ao presidente analisar e decidir se aceita ou não o pedido.

Como o presidente é ligado ao grupo político do governador, nem precisou de muitas explicações apenas sua análise que as denúncias feitas se referem a mandatos anteriores ou a apenas especulações.

O leitor mais atento vai perguntar, mas o Marconi não pedalou como a presidente golpeada Dilma?

Claro que não, coisas de maioria no parlamento e se o pedido chegasse ao plenário podem apostar, seria jogo da Alemanha contra o Brasil, pode?

É a democracia brasileira.

O deputado Major Araújo promete recorrer da decisão do presidente.

Share Button

Prefeitura realiza reconstrução asfáltica seguida de sinalização de trânsito

asfalto

Há cerca de dois meses, a Prefeitura de Catalão, por meio das Secretarias de Obras e Infraestrutura, intensificou os serviços de reconstrução asfáltica no município, por meio de contratos aprovados pela Câmara de Vereadores, emendas e parcerias com o Governo de Goiás.

Considerando as cinco frentes de trabalho – em execução ou em estágio de licitação – a Prefeitura está investindo aproximadamente R$ 30 milhões na recuperação da malha viária da cidade e dos distritos de Pires Belo e Santo Antônio do Rio Verde. Ao todo, quase 2 milhões de m² de asfalto serão revitalizados, o equivalente a mais de 260 km lineares de vias urbanas.

Segundo informações da Secretaria de Obras, conforme a necessidade apresentada por cada localidade, são realizados serviços de reconstrução completa, recapeamento, pavimentação ou ainda tapa-buracos. “Estamos trabalhando para atender às demandas dando prioridade aos casos críticos ou pontos onde o tráfego é mais intenso. De qualquer maneira, todos os bairros sentirão os benefícios dessa força tarefa tão importante”, ressalta o secretário de Obras, Rodrigo Roseiro.

Para o prefeito Jardel Sebba (PSDB), essa é uma das obras mais aguardadas pela população. “Estamos realizando um serviço de qualidade, e com seriedade, acima de tudo. O ‘Rua Nova’ leva asfalto novo, seguido de sinalização horizontal básica, proporcionando conforto e segurança a motoristas e pedestres”, destaca. O Bairro das Américas e a Vila Cruzeiro foram os primeiros a receberem nova pavimentação e sinalização. Os bairros Estrela, Margon 1, 2 e 3, Vila Liberdade, Alto da Boa Vista 1 e 2, Eldorado, Pio Gomes, Progresso, Universitário, Santa Rita, Santa Cruz e os distritos, em breve, também serão contemplados.

ASCOM / Prefeitura

Share Button

Acontece…

acontece

Share Button

Ministro pede demissão e governo tem segunda baixa em 18 dias

temer

A decisão do ministro foi tomada após a enorme repercussão negativa da divulgação do áudio de sua conversa com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). A conversa foi gravada por Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, e divulgada na noite de domingo pela TV Globo. Na gravação, Silveira aparece orientando Machado e Calheiros em relação a como agir perante as investigações da Lava Jato.

De acordo com a assessoria de imprensa da Presidência, Silveira ainda não se reuniu pessoalmente com Temer e seu substituto não foi divulgado até o momento. Na carta enviada ao presidente povisório, o ele afirma que optou pela demissão para que “nada atinja” a conduta dele.

Desde o início desta segunda-feira, servidores da antiga Controladoria-Geral da União (CGU) realizaram protestos em Brasília, cobrando a saída do ministro. Eles impediram a entrada de Silveira no prédio em que funciona a pasta, realizaram a lavagem das escadarias do local, saíram em passeata e entregaram cargos de chefia.

O Globo chegou a produzir um editorial pedindo a cabeça do agora ex-ministro. E até a Transparência Internacional, organização não-governamental de combate à corrupção, divulgou nota pedindo a exoneração de Silveira.

“A situação em que me vi involuntariamente envolvido –pois nada sei da vida de Sérgio Machado, nem com ele tenho ou tive qualquer relação– poderia trazer reflexos para o cargo que passei a exercer, de perfil notadamente técnico”, disse Silveira na carta de demissão.

“Foram comentários genéricos e simples opinião, decerto amplificados pelo clima de exasperação política que todos testemunhamos. Não sabia da presença de Sérgio Machado. Não fui chamado para uma reunião. O contexto era de informalidade baseado nas declarações de quem se dizia a todo instante inocente”, argumentou.

Trata-se da segunda  mudança de ministro em 18 dias de gestão. Antes de Silveira, Romero Jucá, homem forte de Temer que ocupava o Planejamento e também apareceu em gravações de Machado, afastou-se do governo na semana passada. No áudio, Jucá deixava claro que a razão por trás do impeachment da presdeinta Dilma Rousseff era a tentativa de barrar a Lava Jato.

Apesar da repercussão da gravação envolvendo Silveira, o Planalto trabalhou durante todo o dia para manter o ministro no cargo. Temer havia avaliado inicialmente que o caso de Fabiano Silveira era “menos grave” que o de Jucá.

Portal Vermelho

Share Button

SUPERDELAÇÃO DA ODEBRECHT DEVE ATINGIR 50 POLÍTICOS

odebrech

A Odebrecht, maior empreiteira do País, formalizou na última quarta-feira seu acordo delação premiada, segundo informa acolunista Mônica Bergamo.

Segundo ela, além de Marcelo Odebrecht, preso há quase um ano em Curitiba, até mesmo seu pai, Emílio Odebrecht, deve prestar depoimentos ao Ministério Público.

A delação, diz Mônica, não será seletiva. “A empreiteira se comprometeu oficialmente a detalhar o financiamento de todas as campanhas majoritárias de anos recentes com as quais colaborou – como as de Dilma Rousseff a presidente da República e Michel Temer vice e a de Aécio Neves a presidente, em 2014. Ou seja, nenhum dos grandes partidos (PT, PSDB e PMDB) deve ser poupado”, diz ela.

Mônica informa ainda que não há nada de concreto sobre eventual acusação contra a presidente temporariamente afastada Dilma Rousseff. “O tema não foi ainda abordado oficialmente com o Ministério Público Federal”, informa.

“O termo assinado pela Odebrecht e pelos procuradores não define o número exato dos executivos que devem delatar. Mas ele pode chegar a 50”, diz ainda a jornalista.

Brasil 247

Share Button

Dilma: o golpe é contra a Lava Jato e as políticas de inclusão social

dilma 

Ao discursar para uma plateia disposta a repor o país no rumo democrático, Dilma falou sobre queda do ministro da Transparência, Fabiano Silveira. “O segundo ministro interino se afasta. Nunca tivemos o ministro da Controladoria Geral afastado. Ele nunca deixou de fazer sua função, que é a transparência de governo. Fizemos o portal da transparência. Eu fiquei achando muito estranho que eles tivessem transformado a CGU em Ministério da Transparência. Primeiro pensei que era uma jogada de marketing. Mas a tentativa era tornar a transparência obscura, opaca”, afirmou.

Ela também não poupou críticas ao governo interino de Michel Temer. Condenou os cortes no Minha Casa Minha Vida e as tentativas de alteração dos programas sociais e de extinção dos ministérios da Cultura, da Mulher e dos Direitos Humanos.

“Nas declarações do governo provisório, interino e ilegítimo, está a chave do que é o sentido deste golpe. Primeira fala: o SUS não cabe no orçamento. Então vão criar planos privados de Saúde. Falam que não vão contratar mais médicos estrangeiros. Significa de uma só penada tirar 11 mil médicos cubanos, num grande preconceito contra os médicos cubanos, porque os médicos cubanos vão para as periferias, os lugares mais afastados. Outra fala é que o Minha Casa Minha Vida não vai mais atingir os que são de baixa renda, onde está 80% do déficit habitacional do Brasil, então não atenderão nenhum pobre deste país”, afirmou.

“É um governo neoliberal em economia e ultraconservador no campo social e da cultura”, frisou. “O golpe tem dois sentidos: parar a Lava Jato e impedir que a gente continue com a nossa política de inclusão social”, reforçou.

Ao falar dos áudios gravados por Sérgio Machado, a presidente alertou que não há nos áudios qualquer referência aos supostos argumentos que embasaram o pedido de impeachment.
“As gravações têm um silêncio estarrecedor sobre o meu afastamento. Não há uma única palavra sobre os créditos suplementares ou o Plano Safra. Mas há uma farta conversa a respeito de evitar que a sangria os atinja, que aquilo que foi feito, objeto de práticas corruptas, seja desmascarado e por isso eu tenho que ser afastada”, completou.

Ela voltou a comparar o golpe atual com a ditadura de 1964.

“Estou vendo com outras roupas, mas é um golpe com as mesmas intenções: uma oligarquia querendo derrubar um governo popular. Há uma diferença entre o golpe de agora e o golpe de 1964. O de agora não interrompe o processo democrático, mas corrói o processo democrático, como um parasita”, disse. “Estão usando a democracia contra ela mesma. Isso caracteriza um golpe frio”, definiu.

Portal Vermelho

Share Button

Manchetes do Dia…

manchetes-dia

O Popular

Tragédia em Corumbaíba: Voo não tinha autorização.

 

Diário da Manhã

Sérgio Moro manda soltar empresário preso na Lava Jato.

 

Folha de São Paulo

Vale adulterou dados sobre lama em barragem de MG, afirma PF.

 

O Globo

Relator pedirá cassação de Cunha no Conselho de Ética.

 

O Estadão

Operador do PMDB, filho de Machado faz delação.

 

Jornal Zero Hora 

Ministro se diz alvo de “especulações insólitas”.

Share Button