10:37 am

Frase do Dia…

Destacado

“Até oposicionistas admitindo. Catalão é um canteiro de obras. UPA, UBSs, Recapeamento, reforma/construção/escolas, igrejinha São João”.

Prefeito Jardel Sebba no Twitter. 

Share Button

É para rir ou para chorar?

Gente boa do Blog é para rir ou para chorar?

Leiam abaixo o que o PSDB quer para apoiar o governo do golpista Michel Temer.Combate irrestrito à corrupção e apoio à Lava Jato são condições para o PSDB apoiar futuro Governo Temer.

Pode?

Querem nos fazer rir, combate a corrupção e apoio a operação Lava Jato, desse jeito a TV GOLPE, ou melhor, Globo irá contratá-los para a próxima novela das 08:00.

Share Button

Não aí já é demais para o meu coração!

Gente boa do Blog escrevi aí embaixo e vou repetir, o deputado Tiririca estava errado, pior que está fica e como fica.

Imaginem vocês que o vice presidente da república, Michel Temer(  o conspirador) planeja chamar para ser ministro da educação, o deputado federal Mendonça Filho, do Democratas, pode?

MENDONÇA-FILHO.4-JPG

Agora imaginem vocês, um membro do DEM,  daqueles  direitões dos bravo, ministro da Educação, sinceramente se Deus é brasileiro, o Diabo é de onde mesmo?

Share Button

Coronel Caiado quer sair no braço…

Gente boa do Blog o senador  coronel Caiado (DEM), grande conhecido do povo goiano em especial dos ruralistas, latifundiários, escravocratas e escravistas do século XXI, arruma mais uma confusão, dessa vez ele chamou o senador Lindberg Farias (PT) para resolver “lá fora” a questão.

Esse é o senador que quer ser governador do estado de Goiás, o deputado Tiririca errou, pior que está fica!

Share Button

WhatsApp volta a funcionar no Brasil, após bloqueio da Justiça

whats

O WhatsApp voltou a funcionar para algumas pessoas, disseram usuários do aplicativo nesta tarde de terça-feira (3). Eles comentaram sobre o retorno em redes sociais como Facebook e Twitter.

Procuradas pelo G1, Oi e Vivo informaram terem sido notificadas e que já liberaram o acesso ao aplicativo. TIM e Claro não responderam. A Justiça de Sergipe derrubou o bloqueio que havia sido determinado pelo juiz Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, em Sergipe.

Ele havia determinado que TIM, Oi, Claro, Vivoe Nextel suspendessem o acesso ao WhatsApp por 72 horas a partir das 14h desta segunda-feira. O WhatsApp conseguiu obter uma decisão favorável da Justiça de Sergipe e derrubou o bloqueio.

O desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima aceitou um pedido de reconsideração dos advogados do WhatsApp.

Com isso, o serviço deveria voltar a funcionar assim que as operadoras fossem notificadas e fizessem ajustes em sua rede de telefonia.

Os advogados do WhatsApp haviam entrado com um recurso contra a determinação, mas não obtiveram sucesso, pois o desembargador Cezário Siqueira Neto negou o pedido.

Investigação
O bloqueio do aplicativo foi pedido porque o Facebook, dono do WhatsApp, não cumpriu uma decisão judicial anterior de compartilhar informações que subsidiariam uma investigação criminal sobre tráfico de drogas no município de Lagarto, a 75 km de Aracaju.

A recusa já havia resultado na prisão do presidente do Facebook para América Latina em março deste ano, também determinada pelo juiz Marcel Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto, responsável pela decisão que bloqueou o aplicativo.

O magistrado atendeu a um pedido de medida cautelar da Polícia Federal, que foi endossado por parecer do Ministério Público. A multa para as empresas em caso de descumprimento do bloqueio é de R$ 500 mil por dia.

Aplicativo diz não ter dados
Em comunicado, o WhatsApp lamentou a decisão e disse não ter a informação exigida pelo juiz. Nesta terça, Jan Koum, um dos criadores do WhatsApp, afirmou que o app não guarda histórico de mensagem de seus usuários e sugeriu que atender aos pedidos da Justiça brasileira colocaria em risco a segurança não só dos usuários brasileiros, mas de todos os usuários no mundo.

Após a repercussão da decisão, o site do TJSE apresentou instabilidade na tarde de segunda. O problema continua nas primeiras horas da manhã desta terça-feira.

O Anonymous Brasil assumiu a autoria do ataque e informou ter derrubado o site do TJSE em protesto pela decisão de bloquear o aplicativo. A assessoria de comunicação do TJSE não confirmou que o site foi hackeado. Depois que o órgão percebeu a possibilidade de um ataque, decidiu bloquear a internet para proteger a rede de dados.

Outros bloqueios
Não é a primeira vez que um tribunal decide pela suspensão do acesso ao serviço de bate-papo no Brasil.

O bloqueio anterior ocorreu em dezembro de 2015, quando a Justiça de São Paulo ordenou que as empresas impedissem a conexão por 48 horas em represália ao WhatsApp ter se recusado a colaborar com uma investigação criminal.

O aplicativo ficou inacessível por 12 horas e voltou a funcionar por decisão do Tribunal de Justiça de SP.

G1.
Share Button

Prefeitura promoverá 18º Almoço das Mães em Catalão

mae

Distritos também receberão programação especial para as mães

O prefeito Jardel Sebba (PSDB) e a primeira-dama e secretária de Promoção e Ação Social, Anna Sebba, promoverão no próximo sábado, 7, a 18ª edição do Almoço das Mães em Catalão. A confraternização é realizada por Jardel e Anna desde 1999. Quando o casal assumiu a Prefeitura Municipal, a Secretaria de Promoção e Ação Social passou a realizar o evento.

A festa deste ano será realizada a partir das 11h, no Núcleo de Convivência da Terceira Idade ‘João Faiad’. A expectativa é que o público seja de 5 mil pessoas. Haverá sorteio de brindes e show musical com Lucas Naves e Banda. O governador Marconi Perillo (PSDB) e autoridades estaduais são esperados para o almoço das Mães.

Os distritos também receberão a confraternização em homenagem às mães. Em Santo Antônio do Rio Verde o almoço está marcado para o Ginásio de Esportes Jamil Sebba, a partir das 11h, e são aguardadas 500 pessoas. Em Pires Belo, a programação será um jantar, no Ginásio de Esportes Edson Ribeiro Rosa, a partir das 19h, com expectativa de público de 300 pessoas. Haverá sorteio de brindes e apresentações culturais.

O cardápio será o mesmo para os três eventos: arroz branco, tutu, farofa doce, vinagrete, carne bovina ao molho madeira e estrogonofe de frango. Também serão distribuídos refrigerantes e sorvete.

SERVIÇO: Confraternização Dia das Mães

LOCAIS: Catalão (Núcleo da Terceira Idade) e distritos de Santo Antônio do Rio Verde (Ginásio de Esportes Jamil Sebba) e Pires Belo (Ginásio de Esportes Edson Ribeiro Rosa)

DIAS: Santo Antônio do Rio Verde e Pires Belo (6 de maio-sexta) / Catalão (7 de maio-sábado)

HORÁRIOS: Santo Antônio do Rio Verde (11h) / Pires Belo (19h) / Catalão (11h)

ASCOM / Prefeitura

Share Button

Acontece…

13124504_558805277635655_6056329741473636837_n

Share Button

Prefeitura de Catalão inaugura Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU)

ceu

CEU é um equipamento público composto por biblioteca, telecentro com 13 computadores, cineteatro, pista de skate, quadra poliesportiva coberta, pista de caminhada, entre outros espaços

O prefeito Jardel Sebba (PSDB) inaugurou nessa sexta-feira, 29, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) “Professor Francisco Netto de Campos”. O CEU é uma obra do governo federal, de iniciativa dos Ministérios da Cultura, Esportes, Justiça, Trabalho, Emprego e Desenvolvimento Social e Combate à Fome, com contrapartida do município. É um equipamento público de excelência que reúne em um mesmo espaço ações de educação, cultura, lazer, formação técnica e acesso às Políticas Públicas, por meio do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

A solenidade foi acompanhada por secretários municipais, vereadores e populares, além dos deputados estaduais Gustavo Sebba (PSDB) e Jean Carlo (PHS) e do superintendente de Negócios de Governo e Judiciário Sul de Goiás/ Caixa Econômica Federal, Wellerson Ferreira Mello. A família do homenageado “Francisco de Netto de Campos” também esteve presente no evento.

O CEU é mantido pela Secretaria Municipal de Educação, Secretaria de Promoção e Ação Social e Secretaria de Esportes e Lazer. “É mais uma parceria importante que fizemos na nossa gestão, em parceria com o governo federal, por meio da Caixa. No Brasil existem 5.570 municípios e apenas 357, segundo a Caixa, têm ou terão espaços como o que estamos inaugurando aqui em Catalão. O CEU integrará em um mesmo local, programas e ações culturais, esportivas e de lazer, além de proporcionar formação e qualificação também para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital. É um leque de atividades importantes para toda a comunidade aqui atendida”, destacou o prefeito.

O equipamento público é composto por biblioteca, com mais de 2.500 acervos disponíveis para pesquisa e empréstimos para a comunidade cadastrada; telecentro, com 13 computadores disponíveis para cursos em EAD (Ensino à Distância), mini cursos livres, oficinas, pesquisa escolar e acesso gratuito a internet banda larga; cineteatro climatizado, com capacidade para 100 pessoas, equipado com Iluminação cênica, sonorização, e um mobiliário removível, transformando o local em um grande salão de danças e possibilitando o uso para outras finalidades.

Na parte esportiva, o CEU das Artes conta com equipamentos de ginástica; pista de skate; quadra poliesportiva coberta; mesas de xadrez; pista de caminhada e salas multiusos, que servirão para cursos, reuniões, etc. “O espaço já estava sendo utilizado pela comunidade aqui do Jardim Imperial e dos outros dez bairros que ficam nesta área. A partir de agora, vamos incrementar as atividades ofertadas, com uma programação esportiva diversificada, com projetos de futebol, futsal, vôlei, handebol, capoeira, e atividades de formação e culturais”, comemorou Alan Patrick, diretor do CEU.

A Prefeitura de Catalão será responsável pela parte operacional e administrativa da instituição, devendo utilizar e manter o CEU de acordo com o Plano de Gestão criado pelo governo federal. Para garantir a sustentabilidade do projeto, será formando, através da Mobilização Social (sete oficinas), o grupo gestor, responsável em acompanhar programação, regras de uso do equipamento e buscar parcerias com empresas e comunidade. O grupo gestor será formado por governo municipal (Secretarias de Ação Social, Esportes e Educação); sociedade civil (instituições filantrópicas e aquelas que atuam no ramo sociocultural) e comunidade (moradores do entorno do CEU).

O CEU está localizado no Parque Imperial atendendo diversos bairros. As atividades são abertas à comunidade em geral, que deverão fazer o cadastro da instituição, conforme o cronograma dos espaços disponibilizados.

A programação de inauguração do CEU contou com visita dirigidas das escolas, exposição de artes, apresentações de capoeira, teatro, dança e contação de história e números musicais. Houve ainda atendimentos da UBS MÓIVEL e oficinas de sustentabilidade e doação de mudas com o ônibus Pequizão, da Secretaria de Meio Ambiente.

ASCOM / Prefeitura

Share Button

Acontece….

feirao

Share Button

CHAMA OLÍMPICA CHEGA AO BRASIL

tocha

A lanterna contendo a Chama Olímpica acaba de chegar ao Aeroporto Internacional de Brasília, ponto de partida para um roteiro que, nos próximos 95 dias, incluirá 327 cidades das cinco regiões do país, passando pelas mãos de 12 mil condutores até chegar, no dia 5 de agosto, ao Estádio Maracanã, local onde será acesa a Pira Olímpica e celebrada a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O símbolo dos jogos entrou no espaço aéreo de Brasília às 7h10 e o avião da empresa Latam, procedente da Suíça, pousou às 7h25. O avião foi escoltado por dois caças da Força Aérea Brasileira e trazia uma bandeira brasileira na cabine do piloto.

A chama foi acesa no dia 21 de abril, em frente ao Templo de Hera, localizado na cidade grega de Olímpia, a partir dos raios solares, seguindo um tradicional rito que faz uso de uma espécie de espelho côncavo chamado skaphia. A cerimônia contou com a participação de 11 mulheres caracterizadas, representando o papel de sacerdotisas. Após percorrer algumas cidades gregas – entre elas a capital Atenas – a Chama Olímpica seguiu até Genebra, na Suíça, para uma cerimônia na Organização das Nações Unidas (ONU), seguindo então para o Museu Olímpico, localizado em Lausanne, onde fica a sede do Comitê Olímpico Internacional.

A previsão é de que a lanterna contendo a chama chegue às 9h no Palácio do Planalto, onde alimentará a primeira Tocha Olímpica Rio 2016 para, então, começar a viagem pelas cinco regiões do país.

Segundo os organizadores, o percurso da tocha no Distrito Federal começará às 10h, e percorrerá mais de 118 quilômetros de distância, dos quais 37 serão feitos por 141 condutores, percorrendo cinco regiões administrativas locais e vários pontos turísticos da capital federal. Além do Palácio do Planalto, a tocha passará pela Câmara e pelo Senado, pela Catedral Metropolitana e pela Igrejinha na Asa Sul. Ao longo do trajeto, será conduzida também por meio de bicicleta, rapel e a nado.

Na saída do Palácio do Planalto, a tocha será conduzida pela jogadora de vôlei Fabiana Claudino, bicampeã olímpica (2008 e 2012), indo em direção à Catedral de Brasília, em um trecho que terá a participação de nove condutores, conforme programação divulgada no site Rio 2016. Ao longo do percurso, a tocha passará pelas mãos do campeão mundial de surfe Gabriel Medina, o matemático Artur Ávila Cordeiro de Melo, condecorado com a Medalha Fields, e a menina Hanan Khaled Daqqah, de 12 anos, refugiada síria que vive no Brasil. Dentro da catedral, a jogadora de vôlei Paula Pequeno passará a tocha para o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima.

Posteriormente, a tocha descerá de rapel até a Ponte JK pelas mãos do policial militar Manoel Costa, que a entregará ao velejador Felipe Rondina. De lá, seguirá de lancha até o Clube do Exército, de onde partirá, em canoa havaiana, na direção do Pontão do Lago Sul. O encarregado desse trajeto será o canoísta Rubens Pompeu.

A tocha será conduzida também a bordo de um helicóptero do Exército, onde novamente fará uso de rapel para chegar ao centro do gramado do Estádio Nacional Mané Garrincha. Lá, o condutor Haudson Alves entregará a chama ao zagueiro de futebol Lúcio, jogador que teve sua carreira iniciada em Brasília e foi campeão da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira em 2002. Lúcio fará uma volta olímpica com a tocha, ao redor do campo.

No Memorial JK e no Memorial dos Povos Indígenas, a tocha será conduzida pelo índio Kamukaiká Yawalapíti. O revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 terminará na Esplanada dos Ministérios, com acendimento da pira pela ex-jogadora de vôlei Leila Barros, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney 2000. Em seguida, o público poderá assistir ao show com o sambista Diogo Nogueira e com a cantora baiana Daniela Mercury.

A Tocha Olímpica é um importante símbolo na história dos Jogos. Representa a paz, a união e a amizade entre os povos, e sua condução tem por objetivo levar a mensagem olímpica, de promoção da paz em lugar de conflitos. Tradicionalmente, o nome da última pessoa a levar a tocha até a Pira Olímpica na cerimônia de abertura no Maracanã, no Rio de Janeiro, é mantido em segredo. Em geral, a pessoa escolhida é alguma celebridade esportiva do país anfitrião. O Fogo Olímpico queimará na pira até o encerramento dos Jogos Olímpicos, quando será então apagado.

Veja abaixo a lista dos dez primeiros condutores, na ordem do revezamento:

1) Fabiana Claudino: Bicampeã olímpica (2008 e 2012) e capitã da Seleção Brasileira de Vôlei, Fabiana Claudino é considerada uma das melhores centrais do mundo. Com 1,93m, a jogadora nascida em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte, é uma das apostas do técnico José Roberto Guimarães para conquistar o tricampeonato olímpico nos Jogos do Rio, uma consagração a mais em seus dez anos com a camisa da Seleção Brasileira.

2) Artur Ávila Cordeiro de Melo: primeiro pesquisador brasileiro e da América Latina a receber a Medalha Fields, considerada o Nobel da Matemática, Artur Ávila Cordeiro de Melo se divide entre o Rio e Paris, cidades em que coordena estudos do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) e do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa). O matemático carioca, de 36 anos, vai conduzir a tocha para ressaltar a importância da educação para o desenvolvimento do país e para formação de seus atletas e cidadãos.

3) Gabriel Hardy: Aos 16 anos, Gabriel Hardy acumula prêmios e conquistas, como o campeonato brasileiro juvenil e o terceiro lugar no Sul-Americano de Karatê. Aluno da rede pública estadual de Sobradinho, cidade-satélite do Distrito Federal, o atleta é agente jovem Transforma, programa feito em parceria com o governo federal que leva os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 às escolas. Gabriel treina na Associação Hardy, organização não-governamental dirigida por seu pai, o professor de karatê Heitor Hardy, que atende cerca de 100 crianças e jovens carentes da cidade.

4) Ângelo Assumpção: Uma das promessas brasileiras nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Ângelo Assumpção é acrobata, especialista em salto e solo, e integra a seleção de ginástica artística brasileira. No ano passado, durante a etapa de São Paulo da Copa do Mundo de Ginástica, o atleta paulistano subiu ao pódio para receber a medalha de ouro no salto ao lado de seu grande ídolo, o ginasta Diego Hypólito. Após passar por um episódio de cyberbullying, o atleta de 19 anos venceu o preconceito e hoje mostra que valeu acreditar no sonho do esporte.

5) Aurilene Vieira de Brito: Diretora da Escola Estadual Augustinho Brandão, em Cocal dos Alves (PI), Aurilene Vieira de Brito enfrenta as dificuldades diárias de educar estando em um dos 30 municípios do Brasil com o pior do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Ainda assim, a professora conseguiu colocar sua escola entre as melhores no ensino médio no país, ao vencer a defasagem educacional dos alunos e conquistar dezenas de medalhas em Olimpíadas de Matemática e Química. Aurilene sintetiza a determinação dos brasileiros e comprova que a educação é capaz de superar barreiras econômicas e regionais

6) Hanan Khaled Daqqah: Hanan e sua família moravam na cidade de Idlib, no nordeste da Síria, um dos palcos da guerra civil no país. Seu pai foi preso, acusado de tráfico de pessoas, ao ajudar amigos a escapar da violência. Ficou 11 meses detido e, após libertado, passou a ser ameaçado de morte por grupos governistas e da oposição. Foi quando a família buscou abrigo na Jordânia, onde viveu por dois anos e meio no campo de refugiados de Zaatari. Em 2015, eles chegaram ao Brasil por meio do programa de vistos humanitários do governo federal, que facilita a entrada no país de pessoas afetadas pelo conflito na Síria. Toda sua família foi reconhecida pelo governo como refugiados e agora reconstroí sua vida no Brasil. Aos 12 anos, Hanan vive em São Paulo com seu pai, a mãe, um irmão mais velho e uma irmã bebê, mais os tios e outros quatro primos, em um pequeno apartamento no centro da cidade. A mãe de Hanan está grávida, e em breve ela terá um irmão brasileiro.

7) Adriana Araújo: A pugilista baiana é a única mulher brasileira medalhista olímpica no boxe. O bronze foi conquistado há quatro anos, na categoria até 60 kg, nos Jogos Olímpicos Londres 2012. A pugilista, de 34 anos, que conquistou a centésima medalha brasileira para o Brasil em Jogos Olímpicos, quer continuar a fazer história nos Jogos do Rio. Para isso, ela se mudou de Salvador para São Paulo desde o ano passado, para se dedicar exclusivamente aos treinos.

8) Gabriel Medina: Um dos maiores ídolos do esporte brasileiro, Gabriel Medina iniciou ainda na adolescência sua trajetória vitoriosa no surfe. Aos 11 anos, o surfista nascido em São Sebastião (SP) em 1993 ganhou seu primeiro campeonato nacional e, aos 15, se tornou o atleta mais novo a vencer uma etapa do Mundial de Surf (ASP). No final de 2014, entrou para a história como o primeiro brasileiro a conquistar o título da WCT, o circuito mundial de surfe. Longe do mar, Gabriel vai conduzir a pé a chama que representa o sonho olímpico.

9) Paula Pequeno: Melhor jogadora dos Jogos Olímpicos Pequim 2008, a bicampeã olímpica Paula Pequeno defende atualmente a equipe Brasília Vôlei na disputa da Superliga. A ponteira de 34 anos tem uma trajetória vitoriosa, atuando nas principais equipes brasileiras, com passagens pela Rússia e Turquia. A garra e a vibração, duas de suas características mais marcantes dentro das quadras, vão representar o espírito brasileiro quando Paula conduzir a tocha Olímpica.

10) Vanderlei Cordeiro de Lima: O ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima, de 46 anos, protagonizou um dos momentos mais emocionantes da história dos Jogos Olímpicos. Ele liderava a prova da maratona, em 2004, na Grécia, quando, a seis quilômetros da linha de chegada, foi derrubado por um manifestante religioso, que burlou a segurança da prova. Em vez de se abalar, o atleta voltou à prova e conquistou a medalha de bronze. Pela demonstração de espírito olímpico, Vanderlei recebeu do Comitê Olímpico Internacional a medalha Pierre de Coubertin – o primeiro latino-americano a ganhar a condecoração.

Brasil 247

Share Button

PGR quer investigar Aécio por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao Supremo Tribunal Federal a abertura de inquérito contra o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG). A solicitação, baseada na delação premiada do senador Delcídio Amaral, tem como objetivo apurar eventuais crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro relacionados ao esquema de propina em Furnas.

aecio

Janot pede que Aécio seja ouvido sobre o caso em 90 dias. De acordo com a PGR, a delação de Delcídio acrescentou “fatos novos” que fizeram com que Janot resolvesse reavaliar as denúncias contra Aécio. O tucano já havia sido citado na delação do doleiro Alberto Youssef.

Em seus depoimentos, ele apontou que o PSDB possuía influência em uma diretoria de Furnas por meio de José Janene, morto em 2010. Youssef disse ainda que Aécio teria recebido valores mensais, por intermédio de sua irmã, da empresa Bauruense, contratada por Furnas.

Também deve ser ouvido o ex-diretor de Furnas Dimas Toledo, apontado por Delcídio como responsável por repasses de propina.

Na delação, o senador também havia citado que haveria uma fundação no paraíso fiscal de Liechtenstein da qual Aécio Neves seria o beneficiário. Janot também escreveu, no pedido ao Supremo, que uma operação da Polícia Federal no Rio encontrou documentos de doleiros que confirmam a existência de uma conta no exterior ligada a uma fundação em nome da mãe de Aécio, Inês Maria Neves Faria. “Referidas informações constituem um conjunto harmônico e apontam para a verossimilhança dos fatos descritos”, apontou Janot.

Janot também solicitou um inquérito contra Aécio e o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) sob suspeitas de envolvimento na maquiagem de dados do Banco Rural para esconder o mensalão mineiro, na época em que Aécio era governador de Minas.

Em nota, o senador Aécio Neves disse ter “convicção de que as investigações deixarão clara a falsidade das citações feitas” e as referências feitas por Delcídio a ele “foram todas por ouvir dizer”.

Outros pedidos de investigação

Com base na delação de Delcídio, o procurador-geral da República também pediu autorização para iniciar as investigações contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, o deputado federal Marco Maia (PT-RS) e o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo.

Caberá ao ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo, decidir pela autorização. Em março, Zavascki homologou o acordo de delação premiada do senador Delcídio do Amaral (MS) firmado com a Procuradoria-Geral da República (PGR), de modo a colaborar com as investigações da operação. Na ocasião, o ministro retirou o sigilo do processo e divulgou a íntegra dos depoimentos de delação.

Delcídio relatou que Eduardo Cunha também tinha pessoas indicadas em Furnas. Segundo ele, Cunha usava requerimentos para convocar empresários que tinham contratos com a estatal. “Este procedimento de fazer requerimentos e usar expedientes parlamentares é muito comum do Eduardo Cunha”, destacou outro trecho.

O senador também relatou supostos pagamentos ilícitos envolvendo Edinho Silva, então tesoureiro da campanha da presidenta Dilma Rousseff em 2014, a empresas do ramo de saúde.

“Chamou a atenção do depoente que laboratórios farmacêuticos e planos de saúde estejam sendo prestigiados, atualmente, pelo governo federal. Há verdadeira queda de braço para indicação de nomes para as agências reguladoras relacionadas com a área da saúde, até pela visibilidade negativa que o caso Lava Jato impôs aos setores de energia, engenharia e petróleo.

De acordo com os depoimentos de Delcídio, o ex-senador e atual ministro do TCU Vital do Rêgo e o deputado federal Marco Maia “cobravam pedágios para não convocar” donos de empreiteiras investigada na Lava Jato, como Leo Pinheiro, da OAS, e Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia.

Portal Vermelho

Share Button