Frase do Dia…

Destacado

“Vamos trabalhar para unir Goiás, pelo bem do nosso Estado”.

Governador reeleito Marconi Perillo 

Share Button

Alunos da UFG/Campus Catalão podem avaliar o desempenho de seus professores 

como-avaliar-chefe

Dia 17 de novembro é o prazo final para os alunos da Universidade Federal/Campus Catalão realizarem avaliação dos professores da unidade. Através da sistemática implantada pela Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos e a Comissão de Avaliação Institucional (CAVI), um questionário com 13 perguntas deve avaliar cada discente numa escala que vai de 0 a 10.

Uma pergunta, em especial, tem a objetividade de colher do estudante o que ele pensa para que o professor não muito bem votado possa buscar o aperfeiçoamento de suas práticas, além de os bem avaliados poderem receber diversos benefícios na área.

De acordo com a direção do Campus, essa avaliação é facultada aos estudantes de graduação regularmente inscritos em disciplinas e ocorre duas vezes ao ano, uma relativa ao primeiro e a outra relativa ao segundo semestre letivo. O procedimento de avaliação é realizado via Portal do Aluno e é totalmente anônimo e sigiloso para o estudante.

Por: Gustavo Vieira

Share Button

Será que acorda?

Gente boa do Blog, mais uma vez José Sarney, o imortal, apronta mais uma das suas,apoiador de Dilma e coveiro ao mesmo tempo, o centenário político rei do Maranhão e do Amapá, foi flagrado traindo novamente suas declarações, votou em Aécio Neves ao invés de votar em Dilma  Rousseff como afirmara.

José Sarney que o diabo evita em recebê-lo, goza de muita influência no governo Dilma, será que a presidenta irá neste segundo mandato entender que  relação com malandro desse naipe não melhora em nada os índices de aprovação de seu governo?

Acorda Dilma, trabalhe e faça com que esses malandros também trabalhem.

Share Button

Definido…

juarez

Gente boa do Blog, o candidato a presidência da Câmara Municipal de Vereadores de Catalão que concorrerá com o apoio do prefeito Jardel Sebba (PSDB) e de sua bancada foi definido na tarde de ontem, será Juarez Barbudo (DEM) que obteve a maior indicação dos membros da bancada governista, seu candidato a vice será Paulo César (PMDB).

Juarez acredita contar com os votos dele, Paulo César, João Antônio, Valmir, Silvano, Aurélio, Pedrinho H, Donizete Negão, Daniel Floresta e Leonardo Bueno.

Vereador Silvano Mecânico e Paulo César que tentavam indicação da bancada perderam no voto para Juarez que a partir de agora tem a difícil tarefa de manter o grupo unido e não deixar que Deusmar Barbosa consiga cooptar alguns dos vereadores.

Share Button

Principais notícias do dia – 30/10/2014

images

RÁDIOS

CBN

PF investiga circunstâncias de vazamento de depoimento de Youssef

A Polícia Federal abriu inquérito para apurar as circunstâncias do vazamento de trechos do depoimento de Alberto Youssef em que ele cita o ex-presidente Lula e a presidenta Dilma Rousseff. Investigadores da operação Lava Jato suspeitam que o doleiro foi estimulado pela defesa a fazer as declarações para influenciar o resultado da eleição.

BandNews

Aumento da Selic surpreende mercado financeiro

CBN

Lula pede fim do preconceito; Aécio diz que ficará vigilante

——————————————————————————————–

JORNAIS

Brasil Econômico

Juros sobem para 11,25% no dia em que Fed elimina estímulos

Pela primeira vez em seis meses, o Banco Central (BC) alterou os juros básicos da economia. Por 5 votos a 3, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 11,25% ao ano. A taxa está no maior nível desde novembro de 2011, quando estava em 11,5% ao ano.

O Globo

Senado ameaça também derrotar Dilma

Diário da Manhã

Comando do crime – Força-tarefa prende policiais militares e civis acusados de associação com crimes de tráfico de drogas e armas em Anápolis. Morte de tenente em 2012 foi o estopim para desencadear operação

O Popular

A polícia que sequestrava e traficava –  Uma organização criminosa a serviço de um traficante e formada por policiais militares e civis foi desmantelada ontem em Anápolis por dezenas de agentes públicos ligados à Polícia Civil, à Força Nacional e à Polícia Militar.

Folha de S. Paulo

Para procurador, caso Pizzolato abre precedente perigoso

——————————————————————————————-

TELEJORNAIS

Bandeirantes – Jornal da Band

Alckmin diz que aceita ajuda de Dilma contra a seca

O governador de São Paulo afirmou que aceita a ajuda do governo federal, oferecida pela presidente Dilma Rousseff em entrevista exclusiva ao Jornal da Band. Mas Geraldo Alckmin cobrou o fim do imposto sobre a água e do uso de um dos reservatórios para a produção de energia elétrica. Os registros indicam que a seca que atinge a maior parte do Sudeste é a maior em 84 anos.

Record – Jornal da Record

PF inicia programa para combater o tráfico internacional de drogas

TV Globo – Jornal Nacional

Copom eleva a taxa básica de juros para 11,25% ao ano

——————————————————————————————–

Por: Gustavo Vieira com informações da EBC

Share Button

Deusmar de novo, presidente…

Deusmar-Barbosa1

Gente boa do Blog, como já disse aqui, o nome do próximo  presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Catalão, tem nome e sobrenome, chama-se Deusmar  Barbosa que pela quinta vez presidirá o legislativo.

Se as eleições fossem hoje, Deusmar teria facilmente 11 votos, o que mais uma vez o coloca na história como o único catalano a presidir por cinco vezes o parlamento, sendo duas vezes consecutivas, outro fato histórico.

Hoje, até o líder do prefeito Jardel Sebba, Aurélio Macedo votaria em Deusmar, além de Regina Félix (PSDB), Paulinho (PMN), Pedrinho H (PSD) e Daniel Floresta (PMDB). Estes cinco votos, mais os cinco do PMDB legítimo, Gilmar, Vandeval, Jurandir, Sargento Anísio e o próprio Deusmar somariam dez, mais Leonardo Bueno 11, já estão consagrados.

Em se confirmando essas articulações, poderia contar provavelmente ainda com os votos de Donizete Negão (PSC) e Paulo César (PMDB).

Share Button

Alô prefeito Jardel Sebba…

jardel

Alô prefeito Jardel Sebba, as conseqüências dos resultados das eleições já podem ser sentidas em Catalão, mais necessariamente na Câmara de Vereadores, local que geralmente as mudanças são percebidas mais rapidamente, se as eleições municipais acontecessem hoje, se depender do poder legislativo catalano, o ex-prefeito Adib Elias pode mandar passar o terno.

vandeval anisio gilmar

jurandirDaniel-x-Deusmarregina

Além dos legítimos vereadores do PMDB, Vandeval, Gilmar, Sargento Anísio, Jurandir e Deusmar Barbosa, Adib contaria com os votos de Regina Félix (PSDB), Paulinho (PMN) Pedrinho H (PSD) Daniel Floresta (PMDB) Aurélio (PP), Leonardo Bueno (PSC) Donizete negão (PSC), entre mais alguns que poderão ser anunciados em breve.

daniel pedrinhoFGO90000009331

aurelio leonardo donizete

As mudanças podem ser entendidas a partir da perspectiva de poder, foi só Adib Elias mostrar força eleitoral, sendo eleito com a expressiva votação de 36732 mil votos que tudo mudou no parlamento catalano, agora os mesmos vereadores que o abandonaram meses atrás estão procurando para negociar, prova  cabal disso foi a votação de ontem na Câmara, onde os antes rejeitados balancetes da administração de Adib, agora foram aprovados com folga, principalmente pelos votos de muitos da bancada do prefeito.

O próprio líder do prefeito no parlamento, Aurélio Macêdo (PP), já está negociando apoio a Deusmar Barbosa em sua reeleição e claro a candidatura de Adib Elias, coisas dos novos tempos eleitorais, a tucana flex, Regina Felix, já abriu o bico, diz abertamente que os dias do prefeito estão contados e que os votos que o governador Marconi Perillo recebeu aqui são os resultados da péssima administração de Jardel, Donizete negão que tucanou tempos atrás, já não segue mais o prefeito e dificilmente é encontrado para falar de política, prefere se esconder do que ter que olhar nos olhos de muita gente, Leonardo Bueno que pela “governabilidade” dos congadeiros aderiu a Jardel já vota contra seus interesses e acha tudo muito normal.

Sempre é assim mesmo, a História mostra que quando se tem perspectiva de poder, tudo é possível, nas palavras do ex-prefeito Adib Elias e de muita gente graúda do PMDB, “ quem vende uma vez, vende duas, três vezes”.

Share Button

Muda, muda, mudou!!!

jardel_adib

E agora Jardel?

Os balancetes do ex-prefeito Adib Elias foram aprovados finalmente na sessão ordinária que aconteceu na tarde de ontem, até aí nada mais normal, sendo que o papel do legislativo é esse mesmo, votar projetos, aprovar ou rejeitar balancetes e apresentar requerimentos, mas o que chama à  atenção foram os votos que possibilitaram essa aprovação, lembrando que há menos de seis meses, eles foram rejeitados por ampla maioria.

Votaram pela aprovação além de Gilmar Antônio, Jurandir, Sargento Anysio e Vandeval, vereadores  que ainda fazem parte da bancada do prefeito Jardel Sebba como, Pedrinho H, Daniel do Floresta (PMDB) Leonardo Bueno  (PSC) que haviam votados contra a  aprovação na sessão passada, agora já mudaram de ideia e preferiram se posicionarem  a favor.

Regina Félix que é   do PSDB e que era contra a aprovação também mudou de ideia, não é mais contra, mas também não é a favor preferiu se abster da votação.

Já o vereador Paulinho (PMN) que era contra a provação das contas preferiu votar a favor, tendo rompido politicamente com o prefeito dias atrás, agora é aliado de Adib Elias, ou não vê problemas na  aprovação dos balancetes.

Os parlamentares, Paulo César (PMDB) Aurélio (PP) João Antônio (PSDB), Valmir (PSDC), Juarez (DEM) e Silvano mecânico (PR) mantiveram o voto contrário a aprovação, e Donizete negão (PSC) que votou contra tempos atrás, preferiu faltar a votação não contribuindo mais uma vez para o desenrolar política de tão importante questão.

Uma pergunta natural nessas ocasiões,  onde os vereadores mudam de posição política tão rapidamente,  é a seguinte: O que leva os  vereadores catalanos a se  posicionarem de forma tão diferente em tão pouco prazo?

Share Button

Homem se suicida no bairro Santo Antônio

2014-10-29 17.19.51

Um homem foi encontrado morto em sua residência (Rua Antônio Camargo, nº 309) no meio da tarde ontem (29), no bairro Santo Antônio. De acordo com a Polícia Militar do Destacamento de Catalão, o homem, Roberto Marinho Vieira, nascido em março de 1981, se enforcou na janela de seu quarto aparentemente com um lençol. Ainda segundo a polícia, são desconhecidos os motivos que levaram o rapaz a cometer tal ato contra sua própria vida. Familiares não quiseram dar entrevista, mas comentaram com a PM ter sido a depressão o incentivo para o suicídio.

Osório Ferreira Nunes, dono de um bar que fica em frente a casa de Roberto, contou à reportagem que o rapaz era tranquilo e que sua morte foi surpresa para ele e para quem o conhecia. “Ele era bom, não fazia mal a ninguém. Até hoje mesmo, pela manhã, conversei com ele e ele me perguntou seu eu iria para o Centro. Isso realmente me assustou, não sei o que poderia ter causado isso não”, disse.
A Polícia Técnico Cientifica realizou os trabalhos de praxe na residência, e o Instituto Médico Legal fez a retirada do corpo após o trabalho pericial. A mãe de Roberto, ao saber do ocorrido, precisou ser levada para um hospital para ser tranquilizada.
 
Por: Gustavo Vieira
Share Button

“Povo brasileiro deu uma lição de política”, afirma Lula

Em vídeo postado nesta terça-feira (28), o ex-presidente Lula agradeceu o apoio do povo e disse que os eleitores deram uma lição ao País. “Eu acho que o povo brasileiro, com todas as divergências, com todos os seus votos diferenciados, deu uma lição de política nos políticos”,

 

Reprodução

"Foi um comportamento de quem quer consolidar a democracia", disse ele“Foi um comportamento de quem quer consolidar a democracia”, disse ele

Derrotado na disputa pela Presidência, o PSDB ainda atribui o desempenho da presidente Dilma Rousseff a regiões mais pobres do Brasil.

Desta vez, o vice-presidente da legenda, Alberto Goldman, acusa o PT criou um “processo de terror” sobre os beneficiários de programas sociais, segundo o colunista Bernardo Mello Franco.

“Nas cidades em que mais de 50% da população recebe o Bolsa Família, ela ganhou disparado. Não foi um voto livre. É como se botassem uma pistola na cabeça do sujeito”, disse.ura do povo brasileiro como uma “lição de democracia”. “Isso vale para os eleitores da Dilma, eleitores do Aécio, quem votou nulo, branco ou se absteve. Foi um comportamento de quem quer consolidar a democracia como um valor inestimável desse país”, completou o ex-presidente.

Ele também criticou a campanha do ódio contra o PT e partidos aliados. “Olhando como petista, vemos que houve uma campanha de agressão ao PT como em nenhum momento da história. Houve uma campanha muito dura contra o PT a ponto de o Aécio fazer dizendo que é preciso acabar com o PT, que era preciso tirar o PT”, resgatou ele, destacando que diante de tudo isso o povo deu uma lição aos políticos brasileiros. “Nesse momento, eu tenho que agradecer o comportamento do povo brasileiro. Deram uma lição de política. O povo sabe o que quer e sabe como fazer para ter o que ele quer. Meu coração está leve porque o povo brasileiro nos ensinou muita coisa”, completou.

O ex-presidente também fez também um manifesto contra o ódio e o preconceito: “Mais generosidade e menos preconceito vai fazer um bem imenso ao País… Faço um convite a você que tem preconceito: abra seu coração, abra sua alma e dê uma chance a quem tem menos”.

Lula também ressaltou que o Brasil melhorou muito com programas sociais como o Bolsa Família, que foi muito criticado nessa campanha eleitoral. “A miséria absoluta acabou, as pessoas ganharam cidadania e quem mais ganhou com isso? Ganhou a classe média, ganharam as empresas”, afirmou.

Tucanos disseminam o ódioEnquanto Lula elogia a postura altiva do povo brasileiro na consolidação da democracia, os derrotados continuam a disseminar o ódio. O vice-presidente do PSDB, Alberto Goldman, tenta desqulificar o voto dos mais pobres a presidenta Dilma.

Segundo o colunista Bernardo Mello Franco, Goldmam disse que PT criou um “processo de terror” sobre os beneficiários de programas sociais. “Nas cidades em que mais de 50% da população recebe o Bolsa Família, ela ganhou disparado. Não foi um voto livre. É como se botassem uma pistola na cabeça do sujeito”, difamou o tucano.

Fonte: Instituto Lula

Share Button

MEIRELLES AINDA TEM CHANCES DE LEVAR A FAZENDA

meireles

A presidente Dilma Rousseff, que descansa em Aratu (BA), tem a possibilidade de real de mostrar ao País que se tornou uma pessoa mais leve, com maior capacidade para ouvir e dialogar. Caso a promessa se transforme em realidade, são reais as possibilidades de que Henrique Meirelles, ex-presidente do Banco Central, que tem o respeito e a admiração da classe empresarial, não apenas financeira, se torne o novo ministro da Fazenda, com total autonomia.

Meirelles é o candidato número 1 de ninguém menos que o ex-presidente Lula. Foi presidente do Banco Central durante os oito anos de seu governo – período de inflação baixa, forte crescimento, acúmulo de reservas internacionais, baixa volatilidade e alta confiança empresarial. Tem também o apoio de pessoas próximas ao ex-presidente, como o presidente do PT, Rui Falcão, e de outras forças que gravitam em torno do Institulo Lula, no bairro do Ipiranga. Por mais que correntes à esquerda do PT critiquem o retorno de Meirelles como uma “rendição de Dilma ao mercado”, seria, na verdade, uma rendição da presidente aos desejos de seu antecessor e possível sucessor – uma que Lula pretende concorrer em 2018, num país menos polarizado e com a economia em ordem.

Nos círculos lulistas, a comparação que se faz é que, com Meirelles, o segundo governo Dilma daria um sinal positivo às forças econômicas. O que não é certeza com a eventual escolha de Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil, que se tornou um dos ministros mais próximos da presidente Dilma. “Meirelles representa o dólar a R$ 2 e mais facilidade para enfrentar a inflação”, diz um dirigente do PT. “Mercadante representa o dólar a R$ 3 e um cenário mais turbulento”. Segundo ele, o caminho do meio seria representado por nomes como Nelson Barbosa, que melhorariam a relação com os agentes econômicos, mas não de forma tão expressiva. “O Nelson é mais do mesmo, dólar a R$ 2,50″.

Outros nomes que circularam no mercado, como o do presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e da Vale, Murilo Ferreira, parecem possibilidades boas, porém, menos concretas. Em ambos os casos, as posições que hoje ocupam oferecem tanto poder e melhores recompensas do que o Ministério da Fazenda. Embora Meirelles seja também presidente de um banco, o Original, do grupo JBS, ele, ao contrário de Trabuco e Ferreira, tem vocação pública e há tempos planeja maior exposição política.

Mercadante chegou a procurar lideranças do partido, como o presidente Rui Falcão, para ter aval à sua eventual nomeação. Foi advertido que não tem o apoio do PT para essa eventual mudança. “Você tem ambições eleitorais e o cenário exige ajustes e não está fácil”, disse Rui. “Melhor ficar onde está”. Ou seja: na Casa Civil, coordenando progamas e ações do governo.

O que falta para a volta de Meirelles é convencer a presidente Dilma Rousseff. O argumento é que, com Meirelles, e a relação com os agentes econômicos e financeiros pacificada, ela terá mais tempo, mais energia e melhores condições para conferir novas marcas ao seu segundo mandado. Especialmente, o aprofundamento das políticas de igualdade, inclusão social e ampliação dos direitos civis – e sem ser criticada todos os dias nos cadernos de economia e em publicações internacionais. Além disso, evitaria problemas na economia, quando a prioridade atual parece ser recompor a paz na sua base de apoio político.

 

Brasil 247

Share Button