Polícia Militar realiza palestra em escolas

índice.kkjpg

O 18º Batalhão de Polícia Militar de Catalão está com projeto de desenvolver palestras nas escolas públicas e particulares de nossa cidade, objetivando levar orientações às crianças e aos adolescentes sobre a honra cívica.

Visita recente dos Policiais Militares aconteceu no Colégio Objetivo, no bairro Mãe de Deus, onde alunos ouviram orientações sobre o risco de se envolver com o tráfico e aprenderam noções de segurança para o dia a dia. Cerca de 300 estudantes e funcionários da instituição acompanharam a palestra.

índicmme (2)

Já na manhã desta sexta-feira (29), aproximadamente 150 alunos da Escola Municipal Wison da Paixão, na Vila Erundina, também receberam a PM e, além das dicas comumente repassadas através da operação, “puderam conhecer mais das consequências de se envolverem com amigos que têm ligação com o crime”, disse subtenete Wilton, um dos cordenadores do Programa de Resistências às Drogas (Proerd) em Catalão.

Por: Gustavo Vieira/Fotos: PM

Share Button

Aspac realiza mais uma feira de doação de animais

13055504_1550925268535378_4951350532300340340_n

A Associação Protetora dos Animais de Catalão (Aspac) promove amanhã, 30, mais uma feira de adoção. A ação deve garantir novos lares para dezenas de animais que esperam por novos donos.

Voluntário, Kaká Lúcio orienta também que, além de atenção e carinho, é preciso que os animais tenham a companhia de seu dono para a vida toda. “Muito acontece de as pessoas abandonarem seus bichinhos de estimação por “N” motivos, e isso é terrível, algo inaceitável. O que seu companheiro de quatro patas quer é ficar perto de seu dono e assim sempre. Não abandone”, reforça.

As doações serão iniciadas às 8h, na Avenida Raulina Fonseca Paschoal (em frente à DICASA).

Por: Gustavo Vieira

 

Share Button

OAB-GO questiona falta de vacina contra H1N1 à Anvisa

A OAB-GO, por meio de sua Comissão de Direito Médico, Sanitário e Defesa da Saúde, enviou um ofício à superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde do estado de Goiás, Maria Cecília Martins Brito, questionando o provável desabastecimento de vacinas para o enfrentamento do vírus H1N1. O documento foi encaminhado nesta quinta-feira (28).

A presidente da comissão, Ana Lúcia Amorim Boaventura, destacou que o objetivo do ofício é que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em Goiás informe se realmente a vacina está escassa no estado. “Há muitos boatos em torno do assunto e já verificamos uma supervalorização do preço em clínicas particulares. Queremos que a Anvisa nos informe os lotes que foram disponibilizados para Goiás para sabermos se realmente está faltando vacina ou se é especulação para aumentar o preço. A única certeza que temos é que não há imunização suficiente para quem deseja”, enfatizou.

O ofício destaca que a comissão já está em contato com o Procon Goiás para apurar as denúncias acerca do aumento abusivo do preço do medicamento.

Da OAB

Share Button

Acontece…

festa-santa-cruz

Share Button

Acontece…

ouvidor

Share Button

Acontece…

encontro-opalas

Share Button

Acontece…

frente (1)

Share Button

Catalão sediará 5º Encontro Nacional de Muladeiros

mula

Evento será realizado em maio, com apoio da Prefeitura de Catalão

Na próxima segunda-feira (2), às 8h, será promovida, no Espaço Kaiowá, coletiva de imprensa a respeito do 5º Encontro Nacional de Muladeiros, a ser realizado entre os dias 18 e 22 de maio, no Parque de Exposição Agropecuária. O evento, com entrada gratuita, contará com apoio da Prefeitura Municipal de Catalão e organização da Associação dos Muladeiros do Sudeste Goiano (Amusg).

No esporte, o foco principal são as provas de marcha de muares e provas funcionais, como laço e team penning. Por conta disso, algumas mulas de elite chegam a custar entre R$ 30 e R$ 100 mil. Essas competições caíram no gosto dos brasileiros, e são realizadas quase todo final de semana em algum lugar do país, principalmente, nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás Espírito Santo e Pará.

Segundo Walcir Pereira, um dos organizadores do Encontro, “esse é o momento para que criadores possam apresentar seus animais, montados, preparados para comercialização, instigando o interesse aos novos adeptos a paixão pelo muar”. A prova contempla cinco categorias: Iniciante; Mula Jovem; Burro; Mula Adulta e Diagonal. Haverá premiação de R$ 30 mil nas provas oficiais (R$ 10 mil por vencedor) e de R$ 20 mil (R$ 10 mil para cada ganhador) nas provas funcionais.

As inscrições para a Prova de Marchas de Muares devem ser feita pelo site www.amusg.com.br ou pelos telefones: (64) 9223-6773 / 9602-2003 / (62) 9234-7008.

SERVIÇO:  Coletiva de Imprensa – 5º Encontro Nacional de Muladeiros

DATA: 2 de maio, segunda-feira

HORÁRIO: 8h

LOCAL: Espaço Kaiwoá. Rua 2 de Outubro, nº 1693. Jardim Paraíso. (64) 9604-7686 (Elisângela).

ASCOM / Prefeitura

Share Button

Câmara cria novas comissões para abrir cargos a aliados de Cunha

Após embate entre a bancada feminina e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o plenário da Câmara votou e aprovou, na noite desta quarta-feira (27), o projeto que cria duas novas comissões permanentes na Câmara – a de Defesa dos Direitos da Mulher e de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.

Agência Câmara

camara

Além da criação de cargos, as novas comissões vão dividir os debates dentro da Câmara, alegam os deputados contrários à proposta

Para o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), os partidos favoráveis às novas comissões querem, antes de tudo, cargos. “Para além e para aquém de defender mulheres e idosos, esse projeto está preocupado em criar mais comissões, mais cargos, voltados aos interesses corporativos”, criticou.

Outra preocupação dos que se posicionaram contrário a criação de novas comissões – como o PCdoB, o PSOL e o PT – é de que elas esvaziem outras comissões permanentes, como a de Direitos Humanos, por exemplo. “Temos a preocupação de se criar guetos aqui na Casa e que as pautas sejam discutidas sem conexão com outras comissões”, explica a deputada Professora Marcivânia (PCdoB-AP).

Ponto polêmico

Na esteira da criação de novas comissões, a bancada evangélica conseguiu alterar o texto original da proposta de criação da Comissão da Mulher para incluir temas relacionados ao nascituro no rol dos assuntos cuja análise caberá à Comissão de Seguridade Social e Família. A bancada feminina alegou que as mudanças nas atribuições da Comissão de Seguridade exclui a discussão de matérias relacionadas ao aborto da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.

Na votação dos destaques, o Plenário rejeitou os pedidos dos partidos que pretendiam retirar do texto essa nova atribuição dada à comissão. Os contrários a essa inclusão argumentaram que ela não tinha sido acertada entre os líderes partidários quando a criação da comissão foi debatida.

“Meia comissão”

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) disse que a nova Comissão da Mulher está contaminada por debates religiosos. “Não estamos aqui votando uma Comissão da Mulher, estamos votando uma meia comissão, que excluiu do seu escopo questões como violência da mulher, num debate contrário ao Estado laico”, afirmou.

Para a deputada Luiza Erundina (PSOL-SP), a medida compromete os direitos das mulheres. Ela afirmou que a nova comissão da mulher não vem para ajudar a luta feminista. “Essa comissão compromete conquistas históricas. Ela retira prerrogativas, esvazia a Secretaria da Mulher e a Procuradoria da Mulher, que temos como ferramenta de luta das mulheres brasileiras”, disse.

Já a deputada Erika Kokay (PT-DF) disse que a comissão não tem muita atribuição legislativa. “É uma comissão executiva: para receber denúncia, para fiscalizar, para oferecer prêmios, mas não para discutir o mérito das matérias no que diz respeito às mulheres. Queremos discutir a violência contra a mulher, a desigualdade salarial que atinge as mulheres e tantas outras questões”, disse.

Agência Brasil

Share Button

Hoje na História…

hoje

1962
URSS recupera satélite artificial Cosmos IV depois de 72 horas em órbita terrestre.
1972
Bolívia inaugura gasoduto Yacuiba-Santa Cruz e passa a exportar gás natural para a Argentina.
1985
Israel completa a segunda etapa de sua retirada do Líbano, com a saída das tropas que ocupavam o leste e o centro do país.
1986
Cuba anuncia a suspensão, por 90 dias, do pagamento do serviço da dívida externa, a partir de 5 de maio.
1995
O presidente constitucional do Haiti, Jean-Bertrand Aristide, anuncia a dissolução do Exército de seu país.
Share Button